Carta para Aurora – 4 meses

Uau, o que foi esse mês?  Tanta coisa, tantas descobertas, tudo tão rápido.
Um belo dia tudo virou de pernas pro ar, e foi o dia em que você aprendeu a virar de barriga para baixo. Era madrugada, carnaval, e eu com seu pai acordamos com você chamando. Fomos ver e você já tinha rolado, e desde então não parou mais.
Pode parecer besteira, mas depois desse dia você virou outro bebê. Observa, interage, participa. Ri, e ri muito, de qualquer besteira que a gente faça. Adora a tomada do banheiro (vai entender), o seu reflexo no espelho, Alceu Valença e os beijos e cosquinhas que fazemos na sua barriga e pescoço.
No dia em que te ouvi gargalhar, descobri o que é felicidade de verdade.
Que mês intenso. Todas essas novidades e descobertas, e ainda a minha volta ao trabalho. Estamos tendo que aprender como viver nesses momentos separadas. Estão sendo dias tensos ainda, com muita saudade e choro. Mas tenho certeza que iremos encontrar o melhor caminho para nós duas.
Começo a entender que a gente não nasce mãe, torna-se (desculpa a paráfrase roubada, madame Beauvoir), e eu sinto que cada dia viro um pouco mais mãe e que vou aprendendo isso com você. Sinto que finalmente estamos unidas e que vamos contribuindo uma com a outra.
Esse mês foi incrível, filha. Está sendo cada dia melhor. Obrigada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s