Quinta da meta! – Reeducação alimentar e saber recomeçar

Eis que eu resolvi entrar na famosa Quinta da Meta. Inspirada pela blogueira Polly (do PollyAry Casamento) e tantas outras noivinhas, toda quinta estarei aqui postado pra vocês um panorama do que vem sendo a minha tortura reeducação alimentar.

– A QUEDA
Bom, tudo recomeçou (porque a RA mesmo eu comecei lá em outubro, mas cada semana vem sendo uma luta) depois do feriado de 15 de novembro. Feriado, eu morta de cansaço, ensaiando até dizer chega, a Diaba Bolotinha me tentou e disse que eu merecia, sim, comer chocolate e outras porcarias.

E eu, confesso à vós irmãos e irmãs, jaquei lindamente por 5 dias seguidos.

Mas aí resolvi sacodir a poeira, juntar os cacos e recomeçar. Porque o nome já diz tudo: REEDUCAÇÃO alimentar. Estou reeducando, ou seja, mudando hábitos. Como professora sei que é muito mais díficil reeducar a técnica de um aluno, do que ensinar algo para um que ainda não sabe nada. Todo processo de aprendizagem é doloroso e tem falhas, eu tenho as minhas e vou seguir em frente.

– A VOLTA POR CIMA
Fiz o que devia ter feito a muito tempo: conversei com uma nutricionista. Ela, linda e fofa demais, elaborou um cardápio personalizado pra mim e eu peguei a calculadora, a lista de compras e me armei pra essa nova batalha. Sim, porque faltam menos de 3 semanas para o meu espetáculo e eu quero estar sambando na balança até lá, mas também tenho uma vida inteira pra manter meu corpitcho.

– A META
E nesse novo recomeço decidi estabelecer metas. Sim, porque antes a meta era: “estar com a barriga zerada pro espetáculo”. Longe demais, indefinida demais, desfocada demais. Tentei tantas abordagens, principalmente em relação aos doces, e nada deu certo. Agora então, terei metas curtas e definidas, e a meta dessa semana é:

NO JACA ATÉ DIA 26/11

Image

Parece pouco? Mas pra mim é muito. Vou seguir à risca o cardápio da nutri até dia 26/11 (já foram dois dias e fui muito bem neles!).
Dia 26 é aniversário do meu noivo e sairemos para jantar. Aí vou me permitir uma cheat meal, ou refeição fora da dieta. Daí estabeleço outra meta, curtinha assim, e vou levando.
Fiz uma planilha no excel onde montei o cardápio que a nutri me passou. Pinto de verde quando sigo a refeição certinha e vermelha quando erro, assim vou acompanhando minha evolução. Tomara que essa semana seja toda verdinha, feito a jaca aí em cima.

Algumas considerações:
– Não sou ET, gente. Sempre fui magra, mas nunca fui dessas que ama brócolis e troca chocolate por caju e acha que é a mesma coisa.
– Não quero ser ET também. Quero ter uma vida regrada, comer direitinho, manter minha forma física e minha saúde, mas sem abrir mão de comer fora de vez em quando, de comer docinhos e coisas que eu gosto.
– Essa reeducação alimentar é um projeto pra VIDA INTEIRA. Por isso, achei que vale estabelecer metas curtinhas e fáceis de realizar. Não adianta nada eu dizer: “Nunca mais vou comer chocolate pelo resto da minha vida!”. Isso é impossível! Com metas curtas, acredito que vou conseguir manter minha forma e ir aos poucos me educando à nova alimentação.

Quinta que vem estou de volta pra contar como foi! Enquanto isso, #focanadieta!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s