Especial Viagens – Berlin

Continuo hoje a série sobre viagens, falando da capital da Alemanha: Berlin. Uma cidade com muita história e surpreendentemente moderna. Se prepare para mergulhar nos períodos negros do século XX, todos eles protagonizados e vividos na Alemanha. Não há um lugar em Berlim em que o holocausto, as duas guerras ou a divisão da cidade não sejam percebidos. A culpa carregada pelo povo alemão perpetua até hoje, e parece que em cada memorial ou museu está embutido um pedido de desculpas.

Seja sensível e evite assuntos desse tipo com alemães. Eles podem até falar, mas também podem (e irão, na maioria das vezes) se sentir desconfortáveis. Só fale sobre se eles puxarem assunto (dificilmente irão), pois ainda há um estigma muito grande sobre eles. Vale ressaltar que qualquer alusão ao nazismo é crime inafiançável, inclusive fazer a saudação ou dizer “heil Hitler”. Por isso, sem gracinhas enquanto estiver por lá. 

COMO CHEGAR: Nós chegamos de trem, dessa vez não conseguimos o TGV e nem um trem direto. Foram mais ou menos 6 horas de viagem de Amsterdam até Berlim, com uma baldeação em Dusseldorf na Alemanha.
Vindo Brasil a companhia aérea mais requisitada é a alemã Lufthansa.

DICAS BÁSICAS: – A língua oficial é o alemão, mas fala-se inglês muito bem em todos os lugares;
– A moeda é o Euro;
– O transporte público é divino. É possível se virar muito bem utilizando apenas o metrô.
– A maioria dos museus e memoriais funciona de graça! Aproveite!

PONTOS PRINCIPAIS
– Portão de Brandenburgo: é o último dos portões da antiga Berlim. Sua região concentra várias lojas e centros comerciais.

 Reichstag: prédio monumental onde opera o parlamento alemão. Sofreu um incêndio logo após a ascensão do nazismo, que foi considerado um ataque de comunistas. É possível entrar nele e até almoçar lá dentro, mas é preciso se registrar antes nesse site ou nas cabines próximas.

– Memorial do Holocausto: 2.711 blocos de concreto, as “estrelas”, circulam o Centro de Informação do Memorial. A obra é chocante, você anda no meio dos blocos com uma sensação de claustrofobia ou de inquietude, e foi para isso mesmo que ele foi projetado. No Centro de Informações é possível ver o nome, história e relato de todos os judeus conhecidos e mortos pelo holocausto.

Image

– Bebelplatz: praça histórica onde se encontram a Ópera Estatal, a Catedral de Sta.Edwiges (primeira igreja católica construída na Prussia depois da Reforma) e a Universidade de Humboldt. Em 1933 a praça foi palco da queima de livros nazista, na qual a SS, estudantes nazistas e membros da Juventude Hitlerista queimaram 20.000 livros de Thomas Mann, Karl Marx e outros autores. Hoje existe um memorial em frente a universidade: trata-se de um buraco no chão com diversas prateleiras brancas e vazias.

Image

Memorial da Queima de Livros de 1933

– East Side Gallery: 1.3 quilômetros do antigo Muro de Berlim permanecem intactos nessa galeria e nela se encontram 105 pinturas de artistas do mundo todo. Um monumento à liberdade que está ameaçado a cada dia por causa da especulação imobiliária que ronda a cidade.

– Memorial do Muro de Berlim: localizado em uma região historicamente marcante, o memorial conta com um campo preservado do muro e sua estrutura, um centro de informações e um centro de documentação. Aqui é possível conhecer a história das centenas de pessoas que tentaram passar do lado oriental para o ocidental, dos absurdos tomados pela República Democrática Alemã para conter as fugas, dos casos de sucesso, e daqueles que morreram tentando fugir. 

– Checkpoint Charlie: antigo posto militar entre Alemanha Oriental e Ocidental, marco da separação da cidade. Hoje é um ponto turístico engraçadinho no qual você pode tirar fotos com soldados americanos (na verdade, atores querendo uma gorjeta).

Image

– Alexanderplatz: praça agitada com feira ao ar livre de comidas típicas, muita cerveja e bugigangas de todo tipo. Diariamente ocorrem shows de artistas de rua.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s